Barack Obama e Shinzo Abe, em 2015
Reprodução/Flickr Obama White House
Barack Obama e Shinzo Abe, em 2015

O ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama disse estar "chocado" com o assassinato de seu "amigo e parceiro de longa data" Shinzo Abe, ex-primeiro-ministro do Japão.

"O ex-premiê Abe foi devotado tanto ao país ao qual ele serviu quanto à extraordinária aliança entre Estados Unidos e Japão ", escreveu o democrata no Twitter.

Obama ainda lembrou as visitas que ele e Abe fizeram à cidade de Hiroshima, devastada por uma bomba atômica americana, e à base aérea de Pearl Harbor, alvo de um ataque japonês na Segunda Guerra Mundial.

"Sempre vou lembrar do nosso trabalho para fortalecer nossa aliança, a experiência comovente de viajar a Hiroshima e Pearl Harbor juntos", disse o ex-presidente, que também enviou "profundas condolências" ao povo do Japão.
A visita a Hiroshima ocorreu em maio de 2016, ocasião em que Obama defendeu que o mundo trabalhe para erradicar as bombas nucleares.

Já a viagem a Pearl Harbor foi realizada sete meses depois, quando Abe pediu "tolerância e reconciliação". "Não devemos jamais repetir os horrores da guerra", disse o então premiê.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários