Turquia aceita apoiar entrada de Finlândia e Suécia na Otan
Divulgação/Governo da Turquia
Turquia aceita apoiar entrada de Finlândia e Suécia na Otan


A Turquia retirou o veto à entrada da Suécia e da Finlândia à Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) , depois das negociações realizadas nesta terça-feira (28) em Madri.

Segundo a agência turca Anadolu, os três países assinaram um memorando de entendimento durante uma reunião entre o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, o seu homólogo da Finlândia, Sauli Niinisto, a primeira-ministra da Suécia, Magdalena Andersson, e o secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg.

Em nota, o governo de Ancara informou que a Turquia "conseguiu o que pediu" nas conversações com a Suécia e a Finlândia e obteve "plena cooperação" de ambos os países contra os militantes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), movimento que luta pela criação de um Estado curdo e que é considerado uma organização terrorista pelo governo de Erdogan.

"A política de portas abertas da Otan é um sucesso, demonstramos que sabemos resolver os problemas através da negociação, com a entrada da Suécia e da Finlândia na aliança estaremos todos mais seguros", disse Stoltenberg.


Segundo o secretário-geral da Otan, os detalhes do memorando serão assinados em breve, incluindo o acordo de extradição, que respeitará os padrões europeus. Além disso, enfatizou que os líderes da aliança irão neste momento convidar oficialmente a Suécia e a Finlândia durante a cúpula.

Para Stoltenberg, este "é um passo que abrirá o caminho para a ratificação por todos os aliados". "Com a entrada deles, toda a imagem do tabuleiro de xadrez báltico-escandinavo será fortalecida".

Helsinque e Estocolmo abandonaram sua histórica política de neutralidade militar e pediram adesão à Otan por causa da invasão da Rússia à Ucrânia. Ancara, no entanto, acusava ambas as nações de darem refúgio a militantes do PKK.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários