Adolescente publicou fotos de armas nas redes sociais
Reprodução / Instagram
Adolescente publicou fotos de armas nas redes sociais

O governador do Texas, Greg Abott, disse que o  adolescente que atirou e matou 19 alunos e dois adultos em uma escola primária do estado havia acabado de atirar na avó, nessa terça-feira (24), nos Estados Unidos. O acusado também postou fotos das armas usadas no massacre nas redes sociais.

O atirador, identificado como Salvador Ramos, de 18 anos, foi morto por policiais após o crime. O jovem também estudava na Robby Elementary School, que foi alvo dos ataques. Ainda não se sabe qual foi a motivação de Ramos.

De acordo com o governador, os investigadores confirmaram que a avó do adolescente foi baleada pelo próprio neto antes de ele partir para a escola e realizar o massacre. A mulher, de 66 anos, foi encaminhada ao Hospital Universitário de San Antonio em seguida.

Depois, os policiais também identificaram uma foto publicada no Instagram de Ramos três dias antes do tiroteio, que mostram dois fuzis AR-15.

Abott informou que a conta da rede social foi apagada após o ataque. Além do armamento, no perfil também havia fotos de Ramos em preto e branco e de capuz.

Ex-colegas do adolescente disseram aos investigadores que a conta realmente pertencia a ele. Um deles, que era mais próximo do acusado, afirmou que ele chegou a enviar a ele imagens de armas e de uma bolsa cheia de munições, mas que ele não desconfiou de Ramos.

"Ele me mandava mensagens várias vezes, e quatro dias atrás ele me enviou uma foto do AR que ele estava usando? E uma mochila cheia de balas, provavelmente sete cartuchos", relatou. "Eu fiquei tipo, 'mano, por que você tem isso?' e ele disse: 'Não se preocupe com isso'. Ele depois me enviou uma mensagem: 'Estou muito diferente agora. Você não me reconheceria'".

De acordo com o garoto, Ramos era constantemente hostilizado pelos outros alunos devido às roupas que ele vestia e pelas condições financeiras da família dele. Depois de um tempo, ele havia parado de frequentar as aulas. "Ele, tipo, não foi mais para a escola, e lentamente desistiu".

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários