Destruição em Mariupol, na Ucrânia
Reprodução / Twitter - 22.04.2022
Destruição em Mariupol, na Ucrânia

Na manhã desta quinta-feira (28), o Ministério da Defesa da Ucrânia afirmou que as Forças Armadas russas  aumentaram o "ritmo da operação ofensiva" e agora atuam "em quase todas as direções". De acordo com as autoridades ucranianas, Kharkiv e Donetsk, no leste do país, são os maiores alvos.

A pasta também informou que os militares de Moscou se organizam no território ucraniano para dificultar qualquer operação de proteção por parte deles. Em relatório, o ministério indica que houve ataques aéreos em pelo menos 67 instalações.

"Como resultado dos ataques, mais de 300 nacionalistas e até 40 veículos blindados foram destruídos", afirmou a Defesa ucraniana.

Segundo o Kremlin, durante a madrugada, mais de 400 investidas foram realizadas.

Leia Também

Após mais de dois meses do início da invasão russa à Ucrânia , está previsto para hoje o encontro entre o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky e o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários