Explosivo que teria sido escondido por russos na Ucrânia
Ansa
Explosivo que teria sido escondido por russos na Ucrânia

O governo da Ucrânia acusa soldados da Rússia de terem deixado bombas e armadilhas letais por todos os lugares nas  cidades dos arredores de Kiev recém-libertadas.

Desde que as tropas russas deixaram a região da capital ucraniana para se concentrar na conquista do Donbass , as autoridades locais alertaram para os moradores ainda não voltarem para suas casas, ao menos até que esquadrões antibombas tenham concluído as operações de varredura.

"Os ocupantes instalaram armadilhas em todos os lugares onde passaram a noite. A população encontra explosivos até nas casas de agentes de polícia, socorristas e militares", declarou no último sábado (16) o ministro do Interior da Ucrânia, Denys Monastyrsky.

Segundo ele, foram encontradas bombas artesanais, granadas e armadilhas letais atrás de portas, dentro de máquinas de lavar, presas em árvores, debaixo de carros, entre camas e dentro de copos.

Leia Também

De acordo com os militares ucranianos, praticamente qualquer objeto pode ter sido preenchido com material explosivo, inclusive brinquedos e celulares.

Recentemente, o  presidente Volodymyr Zelensky já havia acusado os russos de amarrarem bombas em cadáveres, que assim explodiriam ao ser sepultados.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários