Conflito: Ucrânia estima morte de 3 mil soldados na guerra
Reprodução/Ansa - 15.03.2022
Conflito: Ucrânia estima morte de 3 mil soldados na guerra

Ucrânia estima que entre 2,5 mil e 3 mil soldados ucranianos já morreram e cerca de 10 mil ficaram feridos desde o início da guerra contra a Rússia. O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, disse ainda temer o uso de armas nucleares e químicas pelos russos.

Entre os feridos, de acordo com Zelensky, é difícil saber quantos sobreviverão. Ele também afirmou que até 20 mil militares russos já teriam morrido no conflito. A Rússia admitiu recentemente que perdeu cerca 1.350 soldados na guerra.

Sobre o uso de armas químicas, o presidente ucraniano expressou preocupação. "Ele (Putin) pode usar armas químicas, pois para ele nossas vidas não valem nada. Não devemos pensar que temos medo, mas sim estar preparados", afirmou.

Nesta sexta-feira (16), Zelensky disse que a Ucrânia está diante do enorme desafio de reconstruir os locais recuperados que foram destruídos na ofensiva russa.

Leia Também

Depois do ataque que afundou o cruzador de mísseis russo Moskva, a Rússia intensificou os bombardeios na região de Kiev. Neste sábado (16), o Ministério da Defesa russo afirmou que destruiu um fábrica de munições militares.

Segundo a imprensa local, além de Kiev, forte explosões foram ouvidas em várias regiões do país e também em Lviv. Os aviões que atacaram a cidade no oeste da Ucrânia teriam partido de um aeroporto em Belarus.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários