Cenário na Ucrânia é de destruição após mais de um mês de confronto
Reprodução
Cenário na Ucrânia é de destruição após mais de um mês de confronto

Ucrânia e Rússia realizaram uma troca de prisioneiros neste sábado (9), a terceira desde o início do conflito. A informação foi divulgada pela ministra da Defesa da Ucrânia, Iryna Vereshchuk, em uma publicação nas redes sociais.

Ao todo, 12 soldados ucranianos feitos prisioneiros ao longo dos últimos meses de conflito serão resgatados e voltaram para casa. O governo ucraniano não informou quantos soldados russos fizeram parte da negociação. 

Além deles, 14 civis ucranianos também serão libertados.

Neste sábado,  o  premier britânico, Boris Johnson, e o presidente ucraniano, Volodimir Zelensky, se encontraram na manhã deste sábado em Kiev.

Ainda não foram revelados detalhes sobre a reunião, mas ela ocorreu um dia após um ataque russo a uma estação de trem em Donetsk . No ataque, pelo menos 50 pessoas morreram e outras 98 ficaram feridas. Moscou negou o ataque à estação de Kramatorsk, mas o governo ucraniano acusa a Rússia e disse que entre os mortos estão ao menos cinco crianças.

Na sexta-feira, logo após o ataque com mísseis à estação de trem, o governo britânico anunciou o envio de o equivalente a cerca de 100 milhões de libras (R$ 612 milhões) em armas para os ucranianos. Entre as armas estão mísseis anti-aéreos Starstreak e 800 mísseis antitanque. A União Europeia também anunciou o aumento da ajuda militar à Ucrânia em aproximadamente 500 milhões de euros (R$ 2,85 bilhões).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários