Mulher vai a julgamento pelo assassinato do próprio marido
Reprodução/ Fox News
Mulher vai a julgamento pelo assassinato do próprio marido

A autora americana Nancy Crampton Brophy, de 71 anos, de "Como assassinar seu marido', publicação sobre como escapar de um crime, foi a julgamento nos Estados Unidos pelo assassinato de seu próprio marido, morto em 2018. O julgamento teve início em Portland, no estado do Oregon, nesta segunda-feira e ainda não chegou ao fim.

Nancy havia sido presa três meses após o corpo de Daniel Brophy, um chef com quem foi casada por 27 anos, ter sido encontrado em uma cozinha do Instituto de Culinária do Oregon, onde ele dava aulas.

O julgamento da mulher acabou adiado por conta da pandemia da Covid-19. Segundo a acusação, Nancy 'causou intencionalmente a morte do marido' ao atingi-lo com as balas disparadas de uma pistola 9mm, no dia 2 de junho de 2018.

O juiz Christopher Ramras decidiu que o conteúdo de um texto publicado por Nancy na internet, chamado 'Como matar seu marido', não poderá ser utilizado como evidência durante o julgamento.

O ensaio foi publicado em um blog em novembro de 2011, descrevendo cinco motivos para o assassinato e apontando diversas armas que sua personagem poderia escolher para matar o marido. Nancy ainda desaconselhava contratar um assassino de aluguel ou utilizar veneno para cometer o crime. “Quem quer ficar com um marido doente”, justificou.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários