Corpos encontrados em uma rua em Bucha, cidade a noroeste de Kiev
Reprodução 04.4.2022
Corpos encontrados em uma rua em Bucha, cidade a noroeste de Kiev

O embaixador russo nas Nações Unidas disse nesta segunda-feira (4) que "nem um único residente de  Bucha sofreu qualquer violência", classificando como uma "encenação" as imagens de cadáveres nas ruas e valas comuns na cidade ucraniana.

"As acusações de atrocidades contra civis pelas tropas russas são apenas uma provocação, uma encenação. Nossos soldados não fizeram nada do que foram acusados" disse o diplomata da Rússia na ONU, Vassily Nebenzia, a jornalistas.

Segundo ele, "não foi isso que aconteceu e temos provas que iremos propor ao Conselho de Segurança amanhã". Entre as evidências, há um vídeo do prefeito de Bucha após a retirada dos militares russos, no qual se diz "feliz" e fala da vitória do exército ucraniano, sem mencionar nada sobre as atrocidades.

"Nem um único residente de Bucha sofreu qualquer violência às mãos dos russos", acrescentou o embaixador.

Leia Também

Nebenzia criticou ainda o Reino Unido por ter recusado hoje uma reunião do Conselho de Segurança pedida pela Rússia, "algo inacreditável e sem precedentes na história das Nações Unidas".

O governo britânico, presidente rotativo do conselho da ONU, alegou que a agenda já estava cheia para amanhã. "Nunca negamos uma reunião do Conselho de Segurança durante nossas presidências", indagou.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários