Imagem de massacre em Bucha, na Ucrânia
Reprodução/Twitter - 03.04.2022
Imagem de massacre em Bucha, na Ucrânia

Os corpos de 410 civis foram encontrados na região de Kiev,  recentemente libertada das tropas russas pelas forças ucranianas, informou neste domingo (3) a procuradora-geral ucraniana, Iryna Venediktova.

Durante um programa transmitido em vários canas de TV na Ucrânia, Venediktova revelou que "os peritos forenses já examinaram 140 deles". "A região de Kiev liberada passou pelo inferno. Promotores e investigadores já estão examinando a área e documentando os crimes, para que todos os perpetradores dessas atrocidades sejam levados à justiça nos tribunais nacionais e internacionais", disse ela através do Twitter.

O número total foi divulgado após o prefeito de Bucha, Anatoly Fedoruk, revelar que quase 300 de seus moradores foram enterrados em valas comuns pelo Exército russo.

"Os corpos encontrados em Bucha levantam sérias questões sobre possíveis crimes de guerra", anunciou a Organização das Nações Unidas (ONU) em Genebra.

Corredores humanitários

Neste domingo, a vice-primeira-ministra ucraniana, Iryna Vereshchuk, havia informado que a expectativa é de que o trabalho de evacuação de civis com a ajuda da Cruz Vermelha de Mariupol continuasse, com um ônibus tentando se aproximar da cidade sitiada pelas tropas russas.

No entanto, a chefe da unidade de crise de Lviv, Nataliya Smikh, disse à ANSA que "os corredores humanitários para a chegada de alimentos e evacuações em Mariupol e Kharkiv estão bloqueados e o de Odessa funciona a 50%".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários