Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky
Reproducao / CNN
Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky

Na noite desta segunda-feira (28), em discurso televisionado, o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky, pediu sanções mais duras contra a Rússia. Segundo o líder ucraniano, as nações ocidentais “calcularam mal” ao adiar os embargos no período que antecedeu a invasão.

O mandatário da Ucrânia pediu aos países da Europa o embargo do petróleo russo. “Tudo o que os militares russos fizeram até agora não justifica essa sanção [embargo ao petróleo]?”, questionou.

Zelensky ainda alegou que as “sanções fracas” fortalecem os russos, enquanto os ucranianos “pagam com a vida”.

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse que os bloqueios ao comércio e aos oligarcas russos são como uma “guerra total” e “bastante hostis”.

Os EUA já aplicaram embargos ao combustível russo. Entretanto, alguns países da Europa têm hesitado na imposição de sanções por conta da dependência enérgica de commodities russos em países como a Alemanha.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários