Atirador foi baleado no local
Reprodução/Twitter
Atirador foi baleado no local


Pelo menos cinco pessoas morreram nesta terça-feira (29) em um ataque a tiros em Bnei Brak, um subúrbio ortodoxo nos arredores de Tel Aviv, em Israel.

De acordo com um porta-voz da polícia, investigações preliminares indicam que o agressor estava carregando um rifle e abriu fogo contra civis na rua Hashnayim.

Na sequência, o atirador deslocou-se para a rua Hertsel e também atirou contra os cidadãos que estavam no local. Logo depois, agentes israelenses conseguiram neutraliza o criminoso.

Vídeos que circulam nas redes sociais mostraram os momentos de tensão em Bnei Brak. Em um deles é possível ver o momento em que o suposto agressor ameaçou atirar em transeuntes com uma arma de alto calibre e atingiu diretamente um motorista de um carro.

Segundo a televisão pública e o Jerusalém Post, o prefeito da cidade apelou aos moradores para permanecem em suas residências porque atualmente há riscos na rua.

Leia Também

Até o momento, nenhum grupo terrorista reivindicou o atentado oficialmente, mas o Hamas e a Jihad Islâmica comemoraram em Gaza. "A luta armada continua, abençoadas sejam as mãos dos heróis", ressaltou Mushir al-Masri, porta-voz do Hamas, no Twitter.

Já Ahmed al-Mudallal, da Jihad Islâmica, observou que o ataque de hoje segue os de Beersheva e Hadera esta semana. "Isso mostra que a resistência está em uma nova fase. É uma campanha única que envolve todos os palestinos: em Gaza, na Cisjordânia, em Jerusalém e nas terras de 1948", ou seja, em Israel, disse ele.

Israel está em alerta máximo desde a semana passada, quando outros dois ataques foram registrados. Hoje, também houve relatos de outro atentado em Ramat Gan.

O primeiro-ministro Naftali Bennet, inclusive, convocou uma reunião de emergência extraordinária de segurança sobre a situação atual do país para esta noite. O encontro contará com a presença do chefe da polícia, do representante do Ministério da Segurança Pública, do chefe do Estado-Maior do Exército e do diretor do Serviço Secreto do país (Shin Bet).

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários