Vulcão nas Filipinas liberou coluna de fumaça que obrigou ao governo evacuar moradores
Reprodução / Twitter - 23.02.2022
Vulcão nas Filipinas liberou coluna de fumaça que obrigou ao governo evacuar moradores

O governo das Filipinas evacuou 3.300 de moradores da província de Batangas, após o  vulcão Taal liberar uma coluna de fumaça de mais de 1,5 quilômetros, neste sábado. Nas últimas 24 horas, 14 tremores de terra foram identificados na região do Taal.

O nível de alerta foi elevado de 2 para 3, em uma escala de 5. Segundo a agência de vulcanologia do "há uma intrusão magmática na cratera principal que pode causar erupções subsequentes".

"O magma na parte rasa da cratera interagiu com a água, causando uma erupção chamada atividade freatomagmática", disse Renato Solidum, chefe da agência de vulcanologia, à estação de rádio DZMM .

No entanto, a expectativa é que a atividade do vulcão seja menos intensa de que janeiro de 2020, quando uma coluna de fumaça de 15 quilômetros liberada pelo Taal obrigou 100 mil filipinos a deixarem suas casas. A queda de cinzas vulcânicas deve se limitar às comunidades no entorno do vulcão.

O Taal é considerado um vulcão pequeno. No entanto, em 1911, uma erupção sua foi responsável por causar a morte de 1.300 pessoas.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários