Volodymyr Zelensky presidente da Ucrânia
Reprodução/Twitter Volodymyr Zelensky - 01.03.2022
Volodymyr Zelensky presidente da Ucrânia

O procurador do Tribunal Penal Internacional (TPI), Karim Khan, já está na Ucrânia para apurar possíveis  crimes de guerra cometidos pelas forças da Rússia na invasão iniciada em 24 de fevereiro.

O anúncio foi feito pelo presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, que acusa Moscou de bombardear alvos civis e obstruir a evacuação das populações de cidades sitiadas. "Falei hoje com o procurador do Tribunal Penal Internacional de Haia, Karim Khan. Ele já está na Ucrânia e começou a trabalhar", disse o mandatário em um novo vídeo.

"Os invasores serão responsabilizados por todos os crimes de guerra contra os ucranianos", acrescentou Zelensky, afirmando que a Rússia infligiu danos "centenas de vezes maiores do que aqueles provocados no Donbass em oito anos" de conflitos.

A investigação foi aberta por Khan no dia 3 de março, após pedido de dezenas de países signatários do Estatuto de Roma, que regulamenta as atividades do tribunal.

O TPI é uma corte independente que julga indivíduos suspeitos de cometer crimes de guerra e contra a humanidade, como genocídio, mas não tem jurisdição sobre Estados. 

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários