Jens Stoltenberg, secretário-geral da Otan
Divulgação/ Nato
Jens Stoltenberg, secretário-geral da Otan

A Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) iniciou nesta segunda-feira (14) exercícios militares na Noruega, em meio à escalada da tensão entre a Rússia e as potências ocidentais por conta da invasão à Ucrânia .

O treinamento "Cold Response 2022" ("Resposta fria", em tradução literal) já estava programado antes do início da guerra e envolve cerca de 30 mil soldados da Otan, com o objetivo de simular como a Noruega administraria reforços de tropas em seu território no caso de um ataque externo.

"É um exercício defensivo", afirmou o general Yngve Odlo, responsável pelo treinamento, que acontece por todo o território norueguês, incluindo ao norte do Círculo Polar Ártico, mas a centenas de quilômetros da fronteira com a Rússia - Moscou recusou um convite para enviar observadores.

O exercício também conta com a participação de Suécia e Finlândia, que não fazem parte da Otan e foram ameaçadas com retaliações pela Rússia caso aderissem à aliança militar.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários