Prédio residencial foi atingido por ataque russo
Reprodução/Twitter
Prédio residencial foi atingido por ataque russo

Novos bombardeios russos estão em andamento nesta sexta-feira (11) na cidade portuária ucraniana de Mykolaiv, no Mar Negro, ao norte da Crimeia. A informação foi divulgada no Telegram pelo governador regional, Vitaly Kim.

"Estão disparando mísseis mais do que nunca. Prédios residenciais estão pegando fogo novamente, há informações sobre um atropelamento em um dos supermercados", relatou.

Mykolaiv é mais uma cidade portuária com acesso ao Mar Negro que tem sido alvo de ataques pelos russos, depois de Mariupol e Kherson.

Em meio aos novos ataques, a Ucrânia acusou o governo de Vladimir Putin de cometer crimes de guerra após o sequestro do prefeito de Melitopol, Ivan Fedorov, citando a convenção de Genebra.

"O sequestro do prefeito de Melitopol é considerado um crime de guerra de acordo com a convenção de Genebra e o Protocolo de Emenda, que proíbem a tomada de reféns civis durante a guerra", informou o Ministério das Relações Exteriores ucraniano em comunicado.

Leia Também

Leia Também

Até o momento, a Rússia não se pronunciou sobre a acusação. Por outro lado, a Ucrânia afirmou que "as forças russas o sequestraram depois de falsamente acusá-lo de terrorismo".

EUA

O Departamento de Estado dos EUA alertou que todos os cidadãos que vão para a Ucrânia, incluindo aqueles que vão participar de combates, correm um risco muito real de serem capturados ou mortos.

Em coletiva de imprensa, o porta-voz, Ned Price, enfatizou ainda que Washington "pode não ser capaz de organizar a evacuação" de americanos da Ucrânia, caso seja necessário.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários