Rússia vai abrir corredores humanitários na Ucrânia nesta segunda
Reproducao: Youtube
Rússia vai abrir corredores humanitários na Ucrânia nesta segunda

O Ministério da  Defesa da Rússia anunciou, na madruga deste domingo (6), que militares russos vão tentar abrir corredores humanitários em várias cidades da Ucrânia, incluindo a capital Kiev, a partir da manhã desta segunda-feira (7).

Os corredores, que também serão abertos a partir das cidades de Kharkiv, Mariupol e Sumy, estão sendo montados após a intervenção do presidente francês Emmanuel Macron e em vista da situação atual nesses locais, disserram os militares russos.

De acordo com mapas publicados pela agência de notícias RIA, o corredor de Kiev vai ser em direção a Belarus, e os civis de Kharkiv terão apenas um corredor que levará à Rússia. Corredores de Mariupol e Sumy levarão a outras cidades ucranianas e à Rússia.

No fim de semana, houve uma tentativa de retirar civis de áreas de conflito, mas sem sucesso. Uma força russa disparou morteiros, no domingo, sobre uma ponte usada por civis que fugiam dos combates nos arredores de Irpin, deixando três membros de uma família mortos na calçada.

Leia Também

A Ucrânia confirmou que estão ocorrendo negociações com a Rússia sobre o estabelecimento de corredores humanitários, mas que é improvável que sejam estabelecidos enquanto as forças russas continuarem tentando avançar.

A Ucrânia considerou que a ideia russa sobre corredores humanitários era "completamente imoral" depois que Moscou sugeriu que permitiria que as pessoas fugissem das cidades ucranianas desde que saíssem para Belarus ou Rússia.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários