Papa Francisco
Vatican Media
Papa Francisco

O papa Francisco enviou uma mensagem para a missa do Dia de Cinzas na Basílica de Santa Sabina, em Roma, nesta quarta-feira (2)  e voltou a implorar pela paz no mundo e a lembrar do conflito atual na Ucrânia.

"Nesse dia de orações e de jejum pela Ucrânia, imploramos a Deus a paz que os homens sozinhos não conseguem fazer. Ó Senhor, tu que vês no segredo e nos recompensa sempre mais do que pedimos, escuta a oração de tantos que confiam em ti, sobretudo dos mais humildes, dos mais testados, daqueles que sofrem e fogem do barulho das armas", diz a mensagem lida pelo secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin.

O líder católico vem fazendo diversos apelos pela paz na Europa, e também lembrou de outros cenários de conflitos bélicos, na última semana.

O próprio Pontífice fez uma visita inédita a uma embaixada na Santa Sé durante uma guerra, em fato que ocorreu na sexta-feira (25) quando foi à representação russa. Ele também telefonou para o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, sempre pedindo pelo cessar-fogo e pelo cuidado aos mais frágeis.

Leia Também

O papa Francisco não compareceu pessoalmente nesta quarta-feira às celebrações em Roma, que voltaram a ser realizadas na capital italiana após dois anos por conta da pandemia de Covid-19, por conta de uma inflamação no ligamento do joelho direito. Por recomendação médica, Jorge Mario Bergoglio deve evitar grandes esforços, como ficar muito tempo de pé.

Até por conta disso, ele cancelou uma visita à Florença, na Itália, no último domingo (27). 

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários