Geórgia faz fronteira com a Rússia
Reprodução: pixabay
Geórgia faz fronteira com a Rússia

Após a Ucrânia , a Geórgia também deve pedir sua adesão imediata à União Europeia.

O anúncio foi feito nesta quarta-feira (2) por Irakli Kobakhidze, presidente do partido da situação, o Sonho Georgiano, ao qual pertence o premiê Irakli Garibashvili.

Segundo Kobakhidze, a legenda decidiu "pedir imediatamente" sua entrada na União Europeia. Além disso, o partido governista solicitou que a UE avalie sua solicitação "de forma urgente" para garantir à Geórgia o status de "candidato".

Ex-integrante da extinta União Soviética, o país fica na região que a  Rússia considera sua área de influência e já protagonizou uma curta guerra contra Moscou em 2008. Na ocasião, a Geórgia perdeu o controle da Ossétia do Sul e da Abkházia para separatistas pró-Rússia.

Leia Também

A pressa no partido governista para aderir à UE se deve à invasão da Ucrânia pelo regime de Vladimir Putin, que é motivada justamente pela aproximação de Kiev com o Ocidente.

No entanto, como ainda não faz parte da União Europeia nem da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), a Ucrânia ficou vulnerável a um ataque russo.

Após o início da invasão, o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, formalizou o pedido de adesão à UE, e o Parlamento Europeu já recomendou que o país receba o status de candidato.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários