Escola atacada na Ucrânia
Reprodução
Escola atacada na Ucrânia

Diante do cenário de guerra instaurado após o início dos ataques russos , escolas da Ucrânia estão ensinando seus alunos a reconhecer explosivos. As crianças também usam capacete, coletes à provas de balas e são instruídas sobre como prestar socorro em caso de feridos.

Com o clima de terror no país, pais de alunos estão enviando crianças para a escola com um adesivo colado na roupa que identifica o tipo sanguíneo delas.

Nesta quinta-feira (24) o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) divulgoy um comunicado afirmando que 7,5 milhões de alunos estão ameaçados após o início dos bombardeios ordenados por Putin.

"O uso de artilharia pesada ao longo da linha de contato já danificou infraestruturas críticas de água e instalações educacionais nos últimos dias", diz o texto da diretora executiva do órgão, Catherine M. Russell.

"O Unicef pede a todas as partes que se abstenham de atacar infraestruturas essenciais das quais as crianças e os adolescentes dependem – incluindo sistemas de água e saneamento, estabelecimentos de saúde e escolas.”

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários