Vladimir Putin
Presidência da Rússia (via Fotos Públicas)
Vladimir Putin

Nesta quinta-feira (10), o secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), Jens Stoltenberg, informou que a Rússia deve escolher entre uma solução diplomática em relação à crise da Ucrânia ou "pagará um preço mais alto".

De acordo com Stoltenberg, caso não opte pela solução diplomática, a Rússia deve enfrentar sanções econômicas dos países ocidentais, além de uma maior presença das forças da aliança militar ocidental nos territórios mais ao leste do bloco .

"A Rússia tem uma escolha: eles podem escolher uma solução diplomática —e nós estamos prontos para sentar— mas se eles escolherem o confronto, pagarão um preço mais alto", disse Jens Stoltenberg.

"Haverá sanções econômicas. Haverá um aumento da presença militar da Otan na parte oriental da aliança, e o Reino Unido é realmente uma parte importante disso", alertou, em entrevista coletiva com o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson , em Bruxelas.

Leia Também

O acúmulo de cerca de 100 mil soldados russos perto da Ucrânia despertou preocupações ocidentais de uma possível ofensiva. O conselheiro de segurança nacional da Casa Branca, Jake Sullivan, disse que a Rússia poderia invadir a Ucrânia "a qualquer dia", fazendo com que o conflito tivesse um "enorme custo humano".

Putin, porém, negou quaisquer planos de atacar o vizinho, mas exige que os Estados Unidos seus aliados impeçam a Ucrânia de ingressar na Otan.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários