Bebê russo foi encontrada em frio de menos 20 graus
Reprodução: Ministério da Saúde de Novosibirsk
Bebê russo foi encontrada em frio de menos 20 graus

Uma recém-nascida russa abandonada foi encontrada, na última sexta-feira, por um grupo de adolescentes que passeavam nas proximidades de uma estrada da vila de Sosnovka, próximo a Novosibirsk, capital da província da Sibéria.

A bebê havia sido deixado dentro de uma caixa de ovos, numa temperatura de menos 20 graus. De acordo com as autoridades de saúde da região, ela está viva e passa bem, em boas condições físicas.

"Determinamos a idade da menina, que no momento da admissão, tinha cerca de três dias. A julgar pela condição do cordão umbilical provavelmente foi um parto feito em casa", disse a médica Natalya Veka, em nota oficial do hospital para o qual a criança foi levada.

A polícia de Novosibirsk investiga o caso, que classificou como uma tentativa de homicídio de um menor de idade.

Leia Também

Ao jornal local NGS, o pai de um dos adolescentes, Dmitry Litvinov, disse que o filho e seus amigos haviam saído para passear na noite do dia 7 de janeiro, data em que se comemora o natal da Igreja Ortodoxa. Após escutarem grunhidos, os jovens descobriram a caixa de ovos, onde estava a bebê, acompanhada apenas de um lençol e uma mamadeira.

Junto de sua família, Dmitry, que trabalha em uma empresa de transporte de caminhões, levou a recém-nascida ao hospital. Ele e a mulher, que já são pais de três crianças, dizem querer adotar a bebê.

"Estamos prontos. Se der certo, é claro que vamos aceitar", disse Anna Litvinov.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários