Medida prevê multas de até 500 euros (R$ 3,2 mil) para quem desrespeitar a norma
Pixabay/Creative Commons
Medida prevê multas de até 500 euros (R$ 3,2 mil) para quem desrespeitar a norma

O prefeito de Roma, Roberto Gualtieri, assinou nesta quinta-feira (30) uma medida que proíbe novamente o disparo de  fogos de artifício durante o Ano Novo.

Em seu perfil no Twitter, Gualtieri disse que o veto tem como objetivo "proteger a incolumidade de adultos e crianças, que frequentemente são vítimas de acidentes, e evitar aterrorizar os animais e poluir o meio ambiente".

"Vamos festejar o Ano Novo em segurança", acrescentou o prefeito de centro-esquerda, que assumiu o cargo em outubro. No Réveillon passado, a então governante da capital, Virginia Raggi, também havia proibido fogos de artifício, mas a regra foi ignorada por muitos cidadãos.

A medida assinada por Gualtieri vale até 6 de janeiro e prevê multas de até 500 euros (R$ 3,2 mil) para quem desrespeitar a norma.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários