Vulcão Kilauea, no Havaí
Reprodução / AFP
Vulcão Kilauea, no Havaí

Um dos vulcões mais ativos do mundo , o Kilauea, localizado no Havaí, entrou em erupção nessa quinta-feira (30), após quase um ano. A lava, no entanto, não traz ameaças para as regiões próximas habitadas, ficando limitada apenas à cratera central.

"As fontes de lava atingiram a altura de um prédio de cinco andares", escreveu o Instituto Geofísico dos Estados Unidos (USGS) nas redes sociais.

As primeiras fissuras foram identificadas na cratera Halema'uma'u, na tarde de de ontem. Delas, surgiram as 'fontes de lava', que podem superar 1.100 °C de temperatura, informou o USGS.

O Kilauea entra em  erupções frequentes desde a década de 1950 , o que atrai muitos turistas à região. Ele é um dos cinco vulcões localizados na ilha do Havaí.




Leia Também

Leia Também

A última vez que o Kilauea havia entrado em erupção foi em dezembro do ano passado, quando um lago repleto de água foi substituído por lava.

Em 2018, uma série de terremotos e uma grande erupção destruíram centenas de casas e estabelecimentos comerciais, até a lava  atingir o oceano , ao longo de vários meses, endurecer e criar um terreno novo.

Veja fotos do fenômeno:


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários