Fumaças e gases expelidos - carregados com ácido clorídrico - podem ser tóxicos
Reprodução/redes sociais
Fumaças e gases expelidos - carregados com ácido clorídrico - podem ser tóxicos

Em erupção desde o dia 19 de setembro, o vulcão Cumbre Vieja , localizado nas Ilhas Canárias, passou a expelis rios de lavas que atingiram, na noite da última terça-feira (28), o Oceano Atlântico. Veja o vídeo do encontro do mar com o fenômeno da natureza:


O anúncio do momento em que o fenômeno atinge o oceano foi anunciado pelo Instituto Volcanológico das Canárias (Involcan). O encontro é motivo de preocupação, já que o rápido resfriamento da lava - ao entrar em contato com as águas - causa a liberação de gases tóxicos, como o ácido clorídrico.

A erupção do vulcão causou a destruição de centenas de imóveis na região e a evacuação de milhares de pessoas desde o início de suas atividades. O governo espanhol classificou a área no entorno do vulcão como "zona de catástrofe". Ao todo, 10,5 milhões de euros seão destinados para a adoção de medidas urgentes para o apoio dos desalojados.


O Instituto Geográfico Nacional (IGN) também alertou para a possibilidade de novas explosões, já que o vulcão voltou a expelir lava nesta segunda-feira (27). Até o momento, não há registros de vítimas fatais ou feridos em decorrência do Cumbre Vieja.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários