Angela Merkel
Reprodução/bundesregierung.de
Angela Merkel


A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, cumprimentou o líder social-democrata, Olaf Scholz, por seu “êxito” nas eleições gerais de domingo, nas quais seu bloco conservador sofreu uma dura derrota, informou a assessoria de imprensa do governo alemão nesta quarta-feira.

A mensagem de felicitações foi enviada a Scholz na segunda, um dia após as eleições, mas só hoje foi divulgada. 

Armin Laschet, líder e candidato da União Democrata Cristã (CDU) de Merkel a chanceler, também teria parabenizado seu rival do Partido Social-Democrata (SPD), mas não publicamente. Fontes de ambos os partidos disseram à AFP nesta quarta que Laschet enviou uma carta a Scholz, mas não deram maiores detalhes.

Prestes a deixar o cargo, após quatro mandatos e 16 anos no poder, Merkel ainda não comentou publicamente o resultado das eleições vencidas pelo SPD com 25,7% dos votos. O bloco formado pela CDU e seu partido-irmão da Baviera, a União Social-Cristã (CSU), terminou em segundo lugar, com 24,1%, seu pior resultado histórico. 

Hoje, o bloco conservador e o SPD, rivais históricos na política alemã, governam juntos na chamada "grande coalizão". Scholz é vice-chanceler e ministro das Finanças no governo de Merkel.

Com o resultado eleitoral, os social-democratas devem assumir a liderança do primeiro governo pós-Merkel, e negociam a formação de uma coalizão com Os Verdes e o Partido Democrático Liberal (FDP), que ficaram respectivamente em terceiro e quarto lugar nas eleições de domingo.

Leia Também

Enquanto isso, desde domingo as críticas a Armin Laschet aumentam a cada dia, mesmo entre os conservadores. Ele chegou a afirmar que queria liderar a formação do novo governo, apesar da derrota, mas analistas consideram que a hipótese é pouco provável.

Os líderes dos Verdes e do FDP se reuniram na terça-feira pela primeira vez desde as eleições para discutir seus pontos em comum e poderem negociar uma aliança com o SPD ou a CDU. Segundo Annalena Baerbock, líder dos Verdes, as negociações preliminares foram boas e o SPD é o parceiro prioritário de seu partido em qualquer coalizão tripartite.

"Tivemos uma boa discussão ontem", disse ela a repórteres após reunião com o FDP.  "O SPD é o vencedor das eleições gerais e, portanto, é crucial para nós mantermos essas negociações agora, mas estamos conversando com todos os partidos". 


Os líderes verde e liberal postaram uma selfie juntos nesta quarta-feira que rapidamente se tornou viral, e disseram que estavam encontrando um terreno comum nas negociações. “Procurando pontos em comum e pontes entre as divisões. E até encontrando alguns”, dizia a legenda abaixo da foto em que sorriam. "Tempos emocionantes."

Novas conversas entre os Verdes e os liberais estão previstas para sexta-feira, e no fim de semana eles devem se reunir, separadamente, com os conservadores e os social-democratas.

*Com Agências Internacionais


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários