Talibãs no Palácio presidencial do Afeganistão
Reprodução/Al Jazeera
Talibãs no Palácio presidencial do Afeganistão

Por meio das redes sociais, o  líder supremo do grupo extremista Talibã  anunciou a decisão que impõe que todos os "presos políticos" sejam libertados das prisões de todo o território do Afeganistão.

"Com base na decisão geral de anistia, concedida pelo líder do Emirado Islâmico, Sua Eminência, o Comandante dos Fiéis, Sheik de Hadith Hibatullah Akhundzada- que Deus o proteja -, é decidido libertar presos políticos de todas as prisões do país", escreveu.

Segundo a publicação, os governadores de estado devem iniciar o processo "a partir de amanhã". A medida vale para presos de todas as idades, sem qualquer restrição, e os detidos deverão ser entregues "às suas famílias".

Desde o dia 7 de agosto, o Talibã conquistou dezenas de cidades no Afeganistão e,  no último domingo (15), invadiu a sede do poder em Cabul após o presidente, Ashraf Ghani, fugir da cidade.

Imagens e vídeos compartilhados na internet mostram o caos  instaurado no país desde a invasão do grupo. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários