Celular
Reprodução
"Espião" recebia fotos de mulheres nuas para repassar segredos do Exército

Um homem foi preso nesta quarta-feira (13), na região indiana do Rajastão, que fica perto da fronteira com o Paquistão, após ser acusado de vender informações sigilosas sobre o Exército da Índia para a nação vizinha. Como pagamento, ele recebia fotos de mulheres nuas.

Segundo informações do jornal India Today, Satyanarayan Paliwal, de 42 anos, era morador da cidade de Jaisalmer e acabou sendo descoberto por conta de sua ganância: apesar das imagens que já recebia de funcionárias da Agência de Inteligência do Paquistão como recompensa por seu trabalho, ele sempre queria mais. Para que o fluxo de conteúdo aumentasse, ele começou a enviar segredos mais "sensíveis" sobre os militares indiano.

Ainda de acordo com a publicação, as autoridades que realizaram a prisão do acusado encontraram diversos documentos sobre movimentações das tropas da Índia nas área de fronteira e em um terreno de treinamentos utilizado pelos militares em Pokhran.

Após a prisão, um porta-voz da polícia informou que Paliwal confessou o crime e revelou que mantinha contato com um agente paquistanês, para quem repassava as informações confidenciais. Foi este contato, inclusive, que o repassou para as mulheres que ficavam responsáveis por "comprá-lo" com as imagens sensuais e "mantê-lo" interessado com conversas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários