Cosenza
Reprodução
Médico é funcionário da agência sanitária de Cosenza

Um médico da Agência Sanitária Provincial (ASP) de Cosenza, na Itália, é investigado pela promotoria de Paola, na região da Calábria, por ter administrado ilegalmente doses da  vacina contra o novo coronavírus em amigos.

As autoridades locais também apuram se o médico realizou ilegalmente para pessoas próximas exames de Covid-19 nas estruturas em que trabalha.

O suspeito, que é diretor médico do hospital Spoke de Cetraro-Paola, é investigado pela polícia por fraude, falsificação de documentos públicos e peculato envolvendo medicamentos e outros dispositivos médicos hospitalares.

O homem , segundo os investigadores, já pegou um gancho de 12 meses do trabalho por utilizar para fins pessoais a viatura de serviço.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários