Margaret completaria 106 anos em cerca de três meses.
Reprodução/ABC7
Margaret completaria 106 anos em cerca de três meses.

No último domingo (10), uma idosa de 105 anos morreu em decorrência do novo coronavírus (Sars-CoV-2) em Los Angeles, nos Estados Unidos . Margaret Sowma iria receber a  vacina contra Covid-19 nesta semana. As informações foram dadas pelo UOL .

"Esperávamos fazer uma festa se ela tivesse sido vacinada, levá-la para sair ou algo assim, estávamos planejando tentar comemorar de alguma forma", contou Julie Bawcon, que trabalha como voluntária em uma clínica de vacinas na Califórnia e é sobrinha de Margaret.

De acordo com Julie, a idosa contraiu Covid-19 dentro da casa de repouso onde morava.

Margaret viveu durante a pandemia da Gripe Espanhola de 1918, a Grande Depressão de 1929 e a Segunda Guerra Mundial (1939 - 1945).

Ela foi costureira em uma fábrica de confecções por aproximadamente 50 anos e, depois de aposentada, começou a atuar como voluntária da Cruz Vermelha e de outras organizações.

"Nessa idade, qualquer coisa pode levar você a qualquer momento, então eu olho para trás, para uma vida bem vivida", disse Julie.

Apesar disso, a sobrinha acredita que, se Margaret tivesse tomado a dose da  vacina da Moderna que estava programada para esta semana, a idosa ainda viveria “por mais alguns anos, possivelmente”.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários