papa
Reprodução
Papa Francisco

O Vaticano confirmou nesta quinta-feira (14) que os papas Francisco e Bento XVI receberam a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus desenvolvida pelas empresas Biontech e Pfizer.

A campanha de imunização no menor país do mundo começou na última quarta (13), e o  jornal argentino La Nación chegou a publicar que Jorge Bergoglio havia sido um dos primeiros a serem vacinados.

"Posso confirmar que, no âmbito do programa de vacinação do Vaticano, hoje [14] foi administrada a primeira dose da vacina para a Covid-19 no papa Francisco e no papa emérito [Bento XVI]", disse o diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Matteo Bruni.

Perdeu? Mostramos de Novo

Francisco está com 84 anos e também pertence ao grupo de risco por ter perdido parte de um pulmão devido a uma doença respiratória na juventude. Já Joseph Ratzinger tem 93 anos de idade.

Em entrevista a uma emissora italiana na semana passada, Francisco havia confirmado que tomaria a vacina contra o novo coronavírus e criticado o "negacionismo suicida" daqueles que são contrários à imunização.

"Eu acredito que, eticamente, todo mundo deva tomar a vacina. É uma opção ética porque você aposta na sua saúde, na sua vida, e também na vida dos outros", afirmara. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários