Trump
Reprodução
Medida possibilita envio de forças de segurança à capital norte-americana

Na noite desta segunda-feira (11), o  presidente norte-americano Donald Trump emitiu declaração de emergência para o Distrito de Colúmbia, região que compreende a capital Washington e a maioria dos principais prédios públicos. Com a medida, as forças de segurança dos EUA poderão utilizar esforços para evitar que episódios como a invasão do Capitólio não se repitam, principalmente no dia da posse de Joe Biden .

Segundo informações divulgadas em comunicado pela Casa Branca, o estado de emergência ficará em vigor até o próximo dia 24, quatro dias após a cerimônia de posse, que não deve contar com a presença de Trump , e tem como principais objetivos "salvar vidas e proteger as propriedades públicas". 

Tal decisão ocorre após o FBI divulgar informações sobre a possibilidade de novos protestos e manifestações nos dias que antecedem a posse, tanto na capital do país como em diversas outras cidades. Inclusive, tais ameaças fizeram com que o presidente enviasse cerca de 15 mil soldados da Guarda Nacional para Washington , na tentativa de garantir a segurança da população.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários