selfie do policial ao lado de uma mulher, ambos de óculos escuros
reprodução / Twitter
A invasão do Capitólio aconteceu na tarde desta quarta-feira (06)

Nesta quinta-feira (07), o policial que atirou e matou uma mulher durante a invasão do Capitólio , em Washington ( EUA ) , na tarde de ontem, foi afastado do cargo, de acordo com um comunicado emitido pela equipe de segurança da instituição. 

"Seguindo a política da Polícia do Capitólio , o funcionário foi colocado em licença administrativa e sua autoridade foi suspensa enquanto aguardamos o resultado de uma investigação", disse Steven Sund, chefe da segurança do Congresso americano.

O agente é investigado por balear Ashli Babbit , apoiadora do presidente Donald Trump , que tentava forçar a entrada no plenário. Ela foi encaminhada ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com o Departamento de Polícia Metropolitana de Washington, ao menos quatro pessoas morreram durante a manifestação. Além disso, 14 policiais ficaram feridos.

    Leia tudo sobre: Donald Trump

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários