Evo Morales
Ansa
Evo Morales está refugiado na Argentina

O ex-presidente da Bolívia, Evo Morales , disse que ainda não definiu uma data para retornar ao país. Ele está refugiado na Argentina desde dezembro de 2019. O anúncio foi feito dias depois de seu aliado político, Luis Arce , vencer a eleição presidencial no país.

Em entrevista à Rádio El Destape, Evo Morales disse que seu “retorno à Bolívia ainda não está programado”. O presidente da Argentina, Alberto Fernández, manifestou interesse de acompanhar Evo em sua volta ao país.

Evo também pediu que os bolivianos mantenham fiquem unidos e disse acreditar que a contagem final dará uma vitória a Arce com mais de 55% dos votos. Por enquanto, sem o término da contagem oficial, o candidato de Evo tem 53% dos votos.  O ex-presidente também disse que 99% da comunidade indígena votou em seu candidato.

Na ocasião, depois da vitória de Evo, a Organização dos Estados Americanos (OEA) disse que houve fraude nas eleições. Com isso, o mandatário cancelou os resultados do pleito e foi forçado a deixar o cargo. Ele foi para o México e, sem seguida, para a Argentina, onde está até hoje.

    Veja Também

      Mostrar mais