Navio Nabarima pode afundar no Golfo de Paria, que separa a Venezuela de Trinidad & Tobago.
Divulgação/Fishermen and Friends of the Sea - FFOS
Navio Nabarima pode afundar no Golfo de Paria, que separa a Venezuela de Trinidad & Tobago.

Um navio da PDVSA, empresa estatal venezuelana de petróleo, que carrega mais de 1 milhão de barris de óleo pode afundar. A embarcação está no Golfo de Paria, que separa a Venezuela de Trinidad & Tobago.

Imagens tiradas na semana passada mostram o petroleiro Nabarima inclinado no meio do mar. A embarcação é operada pela PDVSA em associação com a italiana Eni. A empresa está planejando retirar parte dos 1,3 milhão de barris do navio e passar o material para outro veículo enviado ao local.

Por conta da gravidade da situação, grupos ambientalistas emitiram notas mostrando preocupação com a possibilidade de vazamentos, o que causaria um desastre ambiental na região. Autoridades de Trinidad & Tobago afirmaram que planejam inspecionar o navio.

A Marinha brasileira disse que a embarcação está a 1,3 mil quilômetros das águas do Brasil. Em nota, também foi informado que a situação do navio está sendo acompanhada pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e pelo Ibama.

    Leia tudo sobre:

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários