Explosão
Reprodução/Globonews
Explosão na região portuária de Beirute deixou mais de 6 mil feridos

Novas manifestações estão marcadas para este domingo em Beirute, no Líbano. No sábado (8), uma enorme mobilização no país exige a saída do governo, acusado de negligência após explosões no porto da capital. Durante o ato de ontem, na capital, h ouve registro de confronto com o Exército

Diante do cenário de pressão, a ministra da Informação, Manal Abdel Samad, renunciou ao cargo neste domingo. De acordo com a AFP , Manal é a primeira a deixar o governo.

explosão na zona portuária ocorreu na terça-feira, causadas por 2.750 toneladas de nitrtato de amônio. A substância estava armazenada há seis anos no porto de Beirute, de acordo com o próprio primeiro-ministro, "sem medidas de precaução".

O desastre deixou mais de 6 mil feridos e 158 mortos. Cerca de 20 pessoas ainda estão desaparecidas . Além disso, bairros inteiros foram devastados pela explosão, deixando centenas de milhares de libaneses desabrigados.

    Veja Também

      Mostrar mais