Satélite americano
Reprodução/Nasa
Para os EUA, teste de arma prova que ameaças russas são "reais, sérias e crescentes"

O governo dos Estados Unidos acusou a Rússia de testar um equipamento militar com capacidade para destruir satélites no espaço. A acusação foi feita nesta sexta-feira (24) e os EUA estariam preocupados com os testes russos.

Segundo a agência AFP, a Força Espacial americana teria provas de que Moscou realizou um “teste não destrutivo com uma arma antissatélite” no espaço. Tal teste teria sido realizado no último dia 15, segundo comunicado emitido pelos americanos.

O comunicado da Força Espacial diz ainda que o teste dos russos “é um novo exemplo de que as ameaças contra as instalações espaciais dos Estados Unidos e seus aliados são reais, sérias e crescentes”.

O sistema que foi testado na semana passada já havia sido motivo de alerta da Força Espacial há quatro meses, quando a Rússia se aproximou de um dos satélites americanos. O general Jay Raymond, responsável pela ramificação das forças armadas, disse que os testes são uma “nova prova” dos esforços russos para desenvolver sistemas espaciais.

"Trata-se de uma nova prova dos esforços constantes da Rússia para desenvolver e testar sistemas do espaço, de acordo com a doutrina militar do Kremlin que quer recorrer a armas que mantenham as instalações nos Estados Unidos e seus aliados sob ameaça", afirmou o general.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários