Macias, 51 anos, era motorista de caminhão e respeitava as medidas de isolamento social, até participar de uma festa e contrair o novo coronavírus
Facebook/Reprodução
Macias, 51 anos, era motorista de caminhão e respeitava as medidas de isolamento social, até participar de uma festa e contrair o novo coronavírus

Tommy Macias, 51, morador da Califórnia (EUA), contraiu o novo coronavírus (Sars-Cov-2) após participar de uma festa no início de junho. Um dia antes de falecer, publicou alerta em rede social: "Isso não é brincadeira. Se você precisar sair, use uma máscara e pratique o distanciamento social."

O homem estava respeitando as medidas de isolamento social de maneira rigorosa. No entanto, após o governador Gavin Newsom sinalizar afrouxamento das restrições, o motorista de caminhão decidiu participar de uma festa no lago Elsinore, a cerca de 110 quilômetros de Los Angeles.

Macias começou a apresentar sintomas uma semana após sua saída do isolamento. Em 20 de junho, dia anterior ao seu falecimento, escreveu que estava arrependido por não seguir as medidas de distanciamento social e e do uso de máscaras, colocando sua família em risco.

"Por causa da minha estupidez, ponho em risco a saúde de minha mãe e irmãs e minha família. Essa foi uma experiência muito dolorosa ”, escreveu. "Espero que, com a ajuda de Deus, eu consiga sobreviver a isso."

Gustavo Lopez, cunhado de Macias, disse que soube de mais de 12 pessoas que contraíram Covid-19 depois de participar da festa.

"Ele faria qualquer coisa por todos", lamentou Lopez ao Yahoo.


    Veja Também

      Mostrar mais