Chauvin
Reprodução/ Ramsey County Sheriff's Office
Fiança de Chauvin foi definida em mais de R$2,6 milhões

Nesta sexta-feira (29), após a grande repercussão do caso envolvendo a morte de George Floyd , homem negro que foi morto por um policial branco na cidade de Minneapolis (EUA), a esposa do agente entrou com o pedido de divórcio.

Leia também: EUA têm quarto dia de protestos após morte de homem negro sufocado por policial

Segundo informações da CNN, o escritório de advocacia que representa a mulher de Derek Chauvin emitiu comunicado informando sobre o pedido de dissolução do casamento e pediu que a família seja respeitada neste trágico momento.

"Ela está arrasada com a morte de Floyd e seus pensamentos estão com a família dele, seus entes queridos e todos que estão sofrendo com essa tragédia. Embora não tenha filhos do atual casamento, ela solicita respeitosamente que seus filhos, seus pais e sua família recebam segurança e privacidade durante esse difícil momento", diz trecho do documento divulgado pelos advogados.

Leia também: EUA: protestos após morte de George Floyd deixam dois mortos e diversos feridos

O caso gerou grande repercussão no país, que entrou no quarto dia de protestos e forçou a prisão de Chauvin , que anteriormente já havia sido demitido da polícia . Acusado de homicídio culposo, o agente teve a fiança definida em 500 mil dólares (cerca de R$ 2,6 milhões).

    Veja Também

      Mostrar mais