Tamanho do texto

Greta Thunberg foi boicotada por diversos deputados por falar sobre o aquecimento global; a sueca foi chamada de 'Justin Bieber da ecologia'

Greta Thunberg segurando cartaz em protesto arrow-options
Reprodução/Instagram/Greta Thunberg
A jovem Greta Thunberg, líder do movimento contra as mudanças climáticas, foi indicada ao Prêmio Nobel da Paz

Em um discurso no Parlamento francês, em Paris, a ativista sueca Greta Thunberg, de 16 anos, respondeu nesta terça-feira (23) aos ataques que recebeu da oposição do país por falar sobre o aquecimento global.

Leia também: Jovens redesenham perfil do Congresso e atraem protagonismo em ativismo

A visita da adolescente na Assembleia Nacional foi criticada por diversos deputados de direita e extrema direita da França. Além disso, o discurso de Greta foi boicotado pelos parlamentares da oposição.

O deputado Guillaume Larrive, um dos candidatos à liderança do partido conservador Os Republicanos (LR), afirmou que não é necessário uma "profetisa do apocalipse" e pediu para os colegas boicotarem o discurso de Thunberg. Já outro parlamentar francês, Sébastien Chenu, declarou que não irá aplaudir o "Justin Bieber da ecologia".

No entanto, apesar das críticas, Thunberg passou por cima delas e foi recebida com honras no Parlamento. A ativista aproveitou o momento para deixar alguns alertas.

Leia também: Justiça emite mandado de busca para governador de Porto Rico por ‘chatgate’

"Alguns decidiram não vir hoje, alguns optaram por não nos ouvir. Muito bem. Não são obrigados, afinal somos apenas crianças. Mas eles devem escutar a ciência. É tudo o que pedimos. Nós nos tornamos os errados que têm de contar às pessoas coisas que não são fáceis, porque nada querem fazer ou se atrevem a fazer. Ou talvez não sejam suficientemente maduros para dizer as coisas como são", disse a sueca.

Thunberg é a criadora do movimento "Fridays For Future" . A adolescente falta à escola uma vez por semana para protestar diante do Parlamento para que sejam adotadas medidas para preservar a natureza e a biodiversidade. Ela inspira e lidera milhares de jovens em vários países .

Neste domingo (21),  Greta Thunberg recebeu em Caen, na França, o Prêmio da Liberdade 2019, que é dedicado para as pessoas que lutam pela liberdade no mundo.

    Leia tudo sobre: