Tamanho do texto

Bijuterias foram mostradas durante transmissão semanal pelo Facebook; internautas aproveitaram para se divertir com a situação e criticar governo

bolsonaro vendendo nióbio
Reprodução/Twitter
Internautas brincaram com a tentativa de 'venda' e compartilharam diversos memes nas redes sociais

Mesmo estando em Osaka, no Japão, onde participa da cúpula de líderes do G20 , o presidente Jair Bolsonaro (PSL) não deixou de fazer sua transmissão semanal nas redes sociais, nessa quinta-feira (27), e chamou a atenção dos internautas com o conteúdo do vídeo publicado.

No Facebook, o peesselista exibiu aos espectadores produtos feitos de nióbio e comprados por sua equipe no país asiático. Entre eles, uma bijuteria, um pingente e talheres cujos valores — de ao todo US$ 1.450 (R$ 5,5 mil), segundo ele — indicam ser esta uma oportunidade para a economia brasileira.

Bolsonaro ainda decidiu então mostrar no vídeo um cordão azul comprado no país como exemplo do potencial de utilidade do metal. 

"Temos aqui um pequeno cordãozinho. Ele é azul, mas tem de várias cores, de acordo com a têmpera do nióbio. A vantagem disso, em relação ao ouro, primeiro são as cores, que variam, e ninguém tem reação alérgica a nióbio . Alguns têm a ouro. Às vezes a mãe põe um brinquinho na orelha da menina. Menina, para deixar bem claro. E tem reação. Disso aqui, não tem [reação]", argumentou o presidente, ao lado do ministro do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno.

Porém, os internautas não perderam tempo para rir da tentativa de 'venda' e compartilhar diversos memes nas redes sociais. Confira abaixo:




Há aqueles que usaram o vídeo para apresentar Bolsonaro como o novo vendedor da rede Polishop:












Leia também: Bolsonaro se encontra informalmente com Macron após cancelamento de reunião

Já outros internautas preferiram brincar que Bolsonaro "é de humanas" e foi vender "miçanga na praia", em referência a outro meme antigo:










Com a brincadeira, novas frases surgiram e o presidente ganhou outro título - o "Menino do Nióbio":



O caso também foi levado para um lado mais sério e internautas aproveitaram a situação para questionar as prioridades do governo Bolsonaro :

Leia também: Em encontro com Bolsonaro, Trump revela que fará visita ao Brasil

Sem identificar o interlocutor, Bolsonaro contou que se reuniu no Japão com um produtor interessado em fechar parceria com o Brasil neste ramo. Desde o ano passado, o chefe do Planalto defende um maior investimento na exploração do nióbio no Brasil.