Tamanho do texto

Acidente aconteceu em estação de esqui de Crans-Montana, que estava repleta de jovens; equipes de resgate procuram por vítimas de avalanche

Equipes de resgate procuram desaparecidos após avalanche em pista de esqui
Reprodução/Twitter/LaureLugon
Equipes de resgate procuram desaparecidos após avalanche em pista de esqui

Uma avalanche deixou diversas pessoas soterradas na pista de esqui localizada na encosta de um resort na comuna de Crans-Montana, ao sul da Suíça, na tarde desta terça-feira (19). A informação foi confirmada pela polícia do cantão de Valais, que adiantou que, até agora, cerca de 10 pessoas foram atingidas, segundo estimativas.

Leia também: Brumadinho: veja vídeos de rompimentos de barragens no Brasil e no mundo

O alerta do acidente foi dado às 14h15 do horário local pelas autoridades, por meio das redes sociais. “Uma avalanche ocorreu na área de Plaine-Morte, equipes de salvamento e de resgate estão no local. Várias pessoas estão soterradas”, escreveu a polícia local no Twitter. A estação estava repleta de crianças e jovens, devido às férias escolares no país. 

O presidente da comuna na Suíça , Nicolas Féraud, declarou ao jornal local Le Temps que entre dez e 12 pessoas podem estar soterradas pela neve, enquanto as equipes de resgate procuram pelas vítimas. “Estamos chocados e esperamos por um resultado positivo para essas pessoas”, afirmou Féraud.

Leia também: Escaladores brasileiros desaparecem em monte na Patagônia Argentina

Até agora, quatro pessoas ficaram feridas, uma delas em estado grave, segundo a polícia. O número total de vítimas  ainda é desconhecido e não foi informado pelas autoridades. Segundo testemunhas, quatro helicópteros sobrevoam o local e militares acompanhados por cães vasculham o terreno à procura dos esquiadores que podem estar enterrados. As operações de busca continuarão mesmo durante o período da noite.

As equipes que participarão da Copa do Mundo Feminina de Circuito Alpino que acontece na região neste final de semana também estão envolvidas com o caso. 

Segundo o Instituto para o Estudo da Neve e Avalanches (SLF, sigla em inglês), o perigo de avalanche para a região estava no nível 2, em uma escala de 1 a 5. Os especialistas evocam a possibilidade de uma nova avalanche, apesar de nada ter sido confirmado ainda.

Leia também: Sobe para 21 o número de mortos por causa do frio extremo nos Estados Unidos 

Nas redes sociais, os policiais divulgaram a abertura de uma linha de apoio para parentes e familiares das possíveis vítimas, que queiram entrar em contato com as equipes de resgate. De acordo com as autoridades, a possibilidade é de que o acidente tenha sido provocado pelo aumento da temperatura naquela região, resultando na avalanche .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas