Tamanho do texto

Australianos flagraram répteis gigantes nadando pelas ruas da cidade de Townsville; chuvas intensas causaram crise de inundações na região

Moradores do nordeste da Austrália flagram crocodilos passeando pelas ruas inundadas da cidade
Reprodução/Facebook/Erin Hahn
Moradores do nordeste da Austrália flagram crocodilos passeando pelas ruas inundadas da cidade

Enquanto, em São Paulo, moradores enfrentam trânsito recorde e falhas no transporte público, devido às fortes chuvas e alagamentos , na Austrália, uma crise de inundações trouxe problemas bem mais peculiares. Moradores da cidade de Townsville, no estado de Queensland, no extremo nordeste do país, relataram terem visto crocodilos de cerca de três metros de comprimento passeando pelas ruas da cidade, após dias de chuvas intensas.

Segundo o site de notícias local news.com.au , os serviços de emergência avistaram um dos  crocodilos em uma via da cidade na noite deste domingo (3). Já os moradores compartilharam fotos dos novos ‘amigos’ em suas redes sociais.

Enquanto Erin Hahn flagrou um crocodilo de água doce em frente à casa de seu pai, Shaun, a moradora Helen Murdoch compartilhou a foto de um desses répteis subindo em uma árvore, a fim de evitar ser arrastado pela enchente. “Um amigo foi visto entre Palmetum (um jardim botânico da região) e Good Shepherd Home (uma casa de cuidado para idosos)”, escreveu. Autoridades australianas também relataram que, além dos crocodilos, a água ainda está cheia de cobras.

Leia também: Caçadores resgatam cobra hospedeira de mais de 500 carrapatos, na Austrália

Nas redes sociais, moradora compartilhou foto de crocodilo subindo em árvore para evitar ser levado pela enchente
Reprodução/Facebook/Helen Murdoch
Nas redes sociais, moradora compartilhou foto de crocodilo subindo em árvore para evitar ser levado pela enchente

As inundações foram consideradas catastróficas pelo Conselho de Seguradores da Austrália , no final de semana. As chuvas que causaram os alagamentos foram as mais intensas em décadas, já que os registros calcularam que mais de um metro de água caiu em sete dias – quantidade que, em média, está prevista para o período de um ano.

Cerca de 20 mil imóveis da cidade foram afetados pelas enchentes, que pioraram depois que os portões da barragem do rio Ross se abriram automaticamente e liberaram cerca de 2 mil metros cúbicos de água por segundo na cidade.

De acordo com o jornal Townsville Bulletin , forças do exército australiano foram enviadas para a cidade no final de semana para resgatar moradores de suas casas. Além disso, todas as escolas estão fechadas, 17 mil pessoas permanecem sem energia e 900 estão se refugiando em centros de ajuda.

Leia também: Vizinho ouve gritos e desencadeia ação policial para homem assustado com aranha

A chefe do governo de Queenslan, Annastacia Palaszczuk, informou que uma limpeza em toda a cidade deve ser feita nas próximas 48 horas. Apesar disso, a previsão é de que os próximos dias continuem trazendo chuvas intensas para a região, o que tornará cada vez mais comum que moradores flagrem crocodilos passeando pelas ruas.