Tamanho do texto

Temporal começou na madrugada de hoje e se estendeu pela manhã; foram registrados 25 pontos de alagamento e 23 linhas de ônibus foram afetadas

Por chuva, às 8h30 de hoje, o índice de congestionamento em SP era o mais alto deste ano, com 182 quilômetros de lentidão
Jéssica Maria/ iG São Paulo
Por chuva, às 8h30 de hoje, o índice de congestionamento em SP era o mais alto deste ano, com 182 quilômetros de lentidão

A chuva que atingiu São Paulo entre a madrugada e a manhã desta segunda-feira (4) provocou alagamentos em diversos pontos da cidade, bloqueou vias e causou lentidão no trânsito – batendo o recorde do ano. Apenas na capital paulista, foram registrados um total de 25 pontos de alagamento e 23 linhas de ônibus foram afetadas.

Leia também: Buscas são retomadas por terra após forte chuva em Brumadinho

O temporal também causou problemas na vida de quem depende do transporte público para ir e vir, na capital paulista. Afinal, por conta da chuva , na linha 15-Prata do Metrô, os trens circularam com velocidade reduzida e maior tempo de parada entre as estações Camilo Haddad e Vila União. O motivo foi a falta de energia elétrica.

Na linha 9-Esmeralda da CPTM,  alagamentos provocaram a mesma situação entre as estações Socorro e Granja Julieta. O atraso dos trens prejudicou toda a linha pela manhã, mas depois a situação normalizou. Perto das 9h, a cidade registrava quase 200 km de congestionamento.

Leia também: Chuva e vento forte destroem hangar de aviões no aeroporto Campo de Marte; Veja

Na zona sul, a situação era a mais complicada, pois foram registrados 58 km de lentidão. Ela foi seguida pela zona oeste, com 54 km. O trecho do corredor Norte-Sul, na capital, ficou completamente tomado pela água, o que também ocorreu em vias de São Caetano do Sul, no ABC Paulista.

Além disso, o terminal de ônibus de Parelheiros, no extremo sul da cidade, ficou fechado porque a via de acesso estava intransitável. Na Marginal Tietê, faixas das pistas central e local foram fechadas nos dois sentidos, o que travou o trânsito no início da manhã.

Pela madrugada, a capital entrou em estado de atenção para alagamentos. Nas zonas Oeste, Sul e Sudeste, além da Marginal Pinheiros, o alerta foi emitido a partir de 1h58. Às 2h20 o alerta foi estendido para as demais áreas da cidade. O estado de atenção por chuva só terminou às 5h40.

* Mais informações em instantes.