Tamanho do texto

Estados Unidos, França, Grécia e Paquistão estão entre os países que receberam a correspondência suspeita; pacotes eram inofensivos

Polícia investiga pacotes suspeitos encontrados na Austrália
Reprodução/TV Globo
Polícia investiga pacotes suspeitos encontrados na Austrália

A Polícia Federal da Austrália está investigando o envio de pacotes suspeitos para consulados e embaixadas de diversos países em Camberra e Melbourne nesta quarta-feira (9). O portal de emergência do estado de Victoria informou pelo menos dez alertas sobre a possível presença de "material perigoso" na cidade de Melbourne. 

Leia também: FBI encontra 8º pacote suspeito de bomba e Trump culpa a mídia por violência

Segundo a emissora local ABC , entre as sedes diplomáticas que receberam os pacotes suspeitos estão os consulados dos Estados Unidos, Reino Unido, França, Grécia, índia, Hong Kong, Nova Zelândia, Itália, Suíça, Paquistão, e outros.

"Os pacotes estão sendo examinados pelos serviços de emergência que atenderam as chamadas. As circunstâncias em torno dos incidentes estão sendo investigados", disse a Polícia Federal australiana em comunicado. Investigadores de Melbourne dizem acreditar que os incidentes são “isolados e sem impacto na comunidade geral”.

O consulado do Reino Unido, também em Melbourne , foi um dos primeiros a receber o pacote. "Estamos em contato com [a polícia federal] e as autoridades locais sobre esta situação, todos os nossos funcionários estão sãos e salvos", disse um porta-voz do Alto Comissariado Britânico.

Leia também: MP pede pena de morte a cinco suspeitos do assassinato do jornalista Khashoggi

O marido da cônsul honorária da Suíça disse, em entrevista à BBC,  que o consulado do país recebeu um envelope contendo uma substância identificada como “asbestos”: “Nós imediatamente o colocamos em outra bolsa e ligamos para a emergência, que levou o pacote. Mas nós sabemos agora que o item não era tóxico" afirmou. 

Joseph Petric, cônsul geral da Croácia em Melbourne, disse à CNN que a correspondência suspeita recebeu três embalagens pequenas pela caixa postal padrão. Elas foram retiradas pelas autoridades e o local não precisou ser evacuado. Alguns ainda estão sendo analisados.

Leia também: Presença de mulheres 'impuras' em templo hindu gera protestos na Índia

Na última segunda-feira, autoridades já haviam encontrado conteúdo suspeito no consulado argentino em Sydney, que acabou sendo considerado inofensivo. Em outubro, um caso parecido aconteceu nos Estados Unidos , onde pelo menos 12 pacotes com conteúdo explosivo foram enviados a pessoas ligadas ao partido Democrata, contrário ao presidente Donald Trump.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.