Tamanho do texto

Autoridades chegaram a paralisar serviço de transporte na estação de Sants e de Atocha, mas o alarme foi falso; Catalunha foi alvo de atentados em 2017

Ameaça de bomba fez duas estações serem evacuadas em Barcelona, na manhã desta quarta-feira; suspeita foi derrubada
Reprodução/Twitter
Ameaça de bomba fez duas estações serem evacuadas em Barcelona, na manhã desta quarta-feira; suspeita foi derrubada

A Polícia da Catalunha evacuou dois trens de alta velocidade, na manhã desta quarta-feira (7), na estação de Sants e de Atocha, em Barcelona. As estações também acabaram sendo evacuadas. O motivo para tal medida foi uma suspeita de ameaça de bomba. 

Leia também: Rússia investiga possibilidade de terrorismo após ataque suicida na sede do serviço de segurança do país

O alerta foi dado perto das 8h, no horário local, por meio do perfil no Twitter dos Mossos d'Esquadra, força policial de Barcelona . De acordo com a publicação, um scanner de segurança identificou um "possível dispositivo explosivo" dentro de uma mala.

Diante da ameaça, as autoridades seguiram os protocolos de segurança vigentes no país e evacuaram os trens. Porém, poucas horas depois, declararam ter se tratado de uma falsa ameaça de bomba . "Tudo volta à normalidade", escreveu a polícia nacional espanhola no Twitter.

Leia também: Atentado em escola deixa ao menos 18 pessoas mortas na Crimeia; autor do ataque era um dos alunos da instituição

O lugar onde a ameaça de bomba ocorreu é a mesma estação de metrô onde, em março de 2004, um atentado com bomba deixou 192 pessoas mortas, e mais de 2.500 feridas. Esse foi considerado o mais grave atentado da democracia espanhola. 

Segundo a imprensa local, uma fivela de cinto que tinha o formato de uma granada, encontrada dentro de uma das malas verificadas pelo scanner de segurança, foi o que motivou o alarme falso de bomba de hoje. Nas redes sociais, uma imagem da fivela em formato de granada vem sendo compartilhada, mas não há confirmação a respeito da veracidade da imagem.

Leia também: Polícia ainda procura três terroristas responsáveis por ataque em Barcelona

O motivo pode ter sido inocente, mas o alerta é visto com seriedade no país. Afinal, além do histórico de atentado nessa mesma estação, a Catalunha foi palco de atentados terroristas em agosto de 2017, que deixaram 16 mortos em Barcelona e Cambrils. Por esses motivos, qualquer sinal de insegurança é encarado com seriedade pela força policial espanhola. 

* Com informações da Agência Ansa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.