Tamanho do texto

Dezoito pessoas morreram no local, enquanto outras vítimas foram encaminhadas ao hospital; ainda não se sabe causa do fogo neste sábado

O incêndio fatal aconteceu por volta das 4h30 da manhã no horário local, na cidade de Harbin, na China
Reprodução/Xinhua News
O incêndio fatal aconteceu por volta das 4h30 da manhã no horário local, na cidade de Harbin, na China

Ao menos 19 pessoas morreram e 23 ficaram feridas durante um incêndio em hotel da província Heilongjiang, no norte da China, segundo divulgou a agência de notícias estatal “Xinhua”.

Leia também: Terremoto de magnitude 7,1 atinge o Peru e é sentido no Acre nesta sexta-feira

O incêndio fatal aconteceu por volta das 4h30 da manhã no horário local (17h30 da sexta em Brasília), na cidade de Harbin. Segundo a agência, os bombeiros evacuaram mais de 80 pessoas e resgataram outras 20, que estavam presas no hotel Beilong Hot Spring Leisure, no distrito de Songbei. O fogo foi totalmente apagado três horas depois do primeiro chamado.

Até as 10h50 local (23h50 de sexta, em Brasília), 18 pessoas já haviam sido declaradas mortas – todas encontradas no local do incidente. A 19ª vítima foi contabilizada horas, já no hospital, após por não resistir aos ferimentos. Outras 23 pessoas feridas estão hospitalizadas.

Ainda de acordo com a “Xinhua”, mais de 100 bombeiros e 30 viaturas de socorro foram encaminhados ao hotel incendiado.

Leia também: Furacão Lane se aproxima do Havaí e causa primeiros estragos

O ministro de Gestão de Emergências solicitou “todos os esforços no resgate e investigação do incidente”, enviando uma equipe de trabalho para Harbin para orientar o inquérito sobre o caso. O governo municipal está lançando uma inspeção de segurança em toda a cidade.

Ainda não se sabe a causa para o fogo no hotel chinês . Mas Khyungse, vice-diretor do departamento de controle de incêndios do governo, disse que “esse e outros incêndios mortais neste mês refletem problemas, como a negligência às regras de segurança em alguns lugares”.

Leia também: China responde aos EUA com mesma sobretaxa de 25% sobre produtos americanos

Ele exige que sejam feitas verificações de segurança para prevenir incidentes como o de hoje, particularmente em hotéis, hospitais, lares de idosos, creches, escolas, shopping centers, locais de entretenimento e locais turísticos.

“Departamentos de bombeiros devem estar totalmente preparados neste período, naturalmente propenso ao fogo”, destacou Khyungse, pedindo alerta e mais patrulhas.

Em abril, 18 pessoas morreram e cinco ficaram feridas em um incêndio em um karaokê no sul da China.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.