Coordenadores pediram exoneração coletiva
Reprodução
Coordenadores pediram exoneração coletiva

Nesta quinta-feira (11), o Senado Federal aprovou, por intermédio da Comissão Senado do Futuro, um requerimento para realizar uma audiência pública com coordenadores do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O objetivo é ouvir integrantes do órgão sobre as últimas exonerações .

Na última segunda-feira, 35 servidores do órgão fizeram um pedido coletivo de exoneração de seus cargos de coordenação , às vésperas das datas para realização das provas, que ocorrem nos dias 21 e 28 de novembro.

Além da solicitação de uma audiência, o colegiado também pediu que o Inep forneça esclarecimentos previamente. O pedido partiu do senador Izalci Lucas (PSDB-DF) e ainda não há uma data marcada para a sessão.

No requerimento, Izalci defende a ida do coordenador-geral de Logística da Aplicação, Hélio Júnio Rocha Morais, e do coordenador-geral de Exames para Certificação, Eduardo Carvalho Sousa, ao Senado. De acordo com o parlamentar, as duas áreas estão ligadas à realização do exame.

Leia Também

No documento, ele também mencionou que os coordenadores alegaram "fragilidade técnica e administrativa da atual gestão máxima do Inep" na carta de demissão.

“Diante desses fatos tão relevantes no momento que antecede o exame de maior abrangência da educação brasileira e pelos motivos citados acima, para discutir o assunto e suas possíveis soluções, solicito essa audiência pública”, disse o senador.

Nessa quarta-feira (10), durante audiência na Comissão de Educação da Câmara, o presidente do Inep, Danilo Dupas, afirmou que "está tudo certo" com a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e pediu aos estudantes que "não se preocupem".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários