Escola Estadual Thomaz Rodrigues Alckmin, no Itaim Paulista, em SP
WERTHER SANTANA/Estadão Conteúdo
Escola Estadual Thomaz Rodrigues Alckmin, no Itaim Paulista, em SP

A Justiça de São Paulo proibiu a convocação de professores para aulas presenciais em escolas públicas e privadas que estejam nas fases vermelha e laranja do Plano São Paulo . A medida visa conter a disseminação do vírus causador da Covid-19.

Atualmente, todo o estado de São Paulo está na fase vermelha até pelo menos o dia 19 de março.

Segundo a juíza Simone Gomes Casoretti, da 9ª Vara da Fazenda Pública, a proibição vale para instituições de ensino públicas e particulares, e engloba professores filiados a diversos sindicatos de educação do estado, entre eles a APEOESP (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial de SP).

A decisão vale, também, para filiados das entidades autoras (vários sindicatos e associações de professores da rede pública e privada); escolas de educação básica do Estado de São Paulo, públicas e privadas; estaduais e municipais; nas fases laranja e vermelha do Plano SP.

A Secretaria Estadual da Educação diz que ainda não foi notificada sobre a decisão, que é passível de recurso.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários