José pedala por 500 metros até chegar ao local.
Reprodução/TV Clube
José pedala por cerca de 500 metros até chegar ao local.

José Caique, de 13 anos, cursa o 7º ano do ensino fundamental. As atividades escolares acontecem entre 13h e 15h. Para assistir às aulas remotas , José pega uma bicicleta e pedala por cerca de 500 metros até chegar a um local no meio da mata, o único ponto onde consegue internet o suficiente para uma chamada de vídeo, na zona rural de Olho D’Água, no Piauí . As informações são do G1 .

Com a volta das aulas online para o ensino público no estado do Piauí, a família de José precisou lidar com uma série de dificuldades para permitir que o menino participasse das atividades.

Quando a escola informou que as aulas presenciais não seriam retomadas no segundo semestre, surgiu a preocupação da tecnologia. “Vai ter que ser online, mas não tenho celular moderno com internet", pensou a mãe Benedita Pereira. A solução veio graças à tia de José, que emprestou o celular para o menino.

Outro empecilho era o acesso à internet. O único ponto na Localidade Pé da Serra onde há sinal de internet o suficiente para José acessar uma chamada de vídeo fica a 500 metros da casa do garoto. Foi nesse local, no meio da mata, que o pai Francisco Sobral decidiu construir uma barraca de palha para proteger o filho do sol e do calor.

“Ele é um guerreiro. Eu não consegui estudar, tive quer ir para roça. Ele se esforça muito”, disse o pai de José.

    Veja Também

      Mostrar mais